Notícias

Devolução de manuais escolares

De acordo com DR, 2ª série nº 17 – 24 de Janeiro de 2019
A devolução dos manuais escolares distribuídos gratuitamente ocorre no final do ano letivo ou no final do ciclo de estudos, quando se trate de disciplinas sujeitas a exame.
Os manuais devem ser recolhidos e triados entre o final do ano letivo e o dia 28 de junho. 

Datas de devolução:

  • 10 º ano ( de 14 a 28 de junho)  manuais de todas as disciplinas que não estão sujeitas a exame.
  • 11º e 12º ano (de 5 a 28 de junho) – manuais de todas as disciplinas que não estão sujeitas a exame.

Nos anos em que haja exame, os manuais devem ser entregues 3 dias após a realização do exame. Em caso de retenção, o aluno pode conservar na sua posse os manuais escolares até à respetiva conclusão.

Todos os manuais devem ser devolvidos, independentemente do estado em que se encontrem. No caso de não devolução dos manuais escolares em bom estado, por parte do aluno, a penalidade prevista pode consistir na devolução ao estabelecimento de ensino do valor integral do manual. Caso o valor não seja restituído, o aluno fica impedido de receber manual gratuito no ano seguinte. (ver informação completa)

Equipa júnior masculina de Voleibol vence campeonato local do Desporto Escolar

VoleiMascBaliza site  VoleiMascEntregaMed site  Foi com brilhantismo, dedicação e muito empenho que a equipa masculina de Voleibol do Maria Amália terminou a fase local ( Lisboa) do Desporto Escolar em 1º lugar. Os nossos jovens jogaram com brio, espírito de equipa e com muito orgulho por representarem a Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho.
Assim, a classificação, após os encontros realizados no dia 15 de maio, na Escola Secundária Passos Manuel, ficou da seguinte forma: 1º Maria Amália Vaz de Carvalho; 2º Pina Manique, 3º Escola Secundária Passos Manuel e 4 º Escola Secundária de Camões
Temos orgulho em vocês...
Para o ano cá estaremos para continuar a senda das vitórias.
Parabéns… campeões!

Nota de pesar

NotadePesar 
A Direção e todo o pessoal docente e não docente da Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho manifestam o seu profundo pesar pelo falecimento, ocorrido no dia 13 de maio, do professor Luís Gonçalves, por motivo de doença.
Desejamos que amigos e familiares encontrem o conforto necessário para suportar e superar este momento de dor.

O que se aprende com os Clássicos?

Última palestra do ano letivo 2018/2019 organizada pela Comunidade de Leitores. Dia 13 de maio, às 10:00, no Salão Nobre.

Para o fim, ficaram guardados os textos e os autores que nunca passam de moda e que todas as gerações acabam por visitar. 

Para honrar este tema e para responder a esta pergunta convidámos Jorge Silva Melo e Sofia Andrade.Jorge Silva Melo 
Jorge Silva Melo é encenador, ator, argumentista, realizador, dramaturgo, tradutor e crítico. Fundou o Teatro da Cornucópia, em 1972, juntamente com Luís Miguel Cintra, do qual fez parte até 1979. Estagiou com dois dos nomes mais importantes do teatro europeu: Peter Stein (Schaubühne am Lehniner Platz) e Giorgio Strehler (Piccolo Teatro di Milano).
Em 1995, fundou a Artistas Unidos, companhia que dirige e na qual centra a sua atividade como encenador. É autor de 7 peças de teatro e realizou 11 filmes.

Acima de tudo, Jorge Silva Melo é um excelso conversador.

Sofia Andrade Sofia Andrade estudou Línguas e Literaturas Modernas – Estudos Portugueses na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde prosseguiu os estudos pós-graduados em Literatura Portuguesa Contemporânea. O seu trabalho centra-se sobre a narrativa portuguesa e italiana da segunda metade do século XX e a relação desta disciplina com a história. É membro do Centro de Estudos Comparatistas e da Associazione Sigismondo Malatesta de literatura comparada.

Foi docente do Instituto Camões na Universidade de Pisa e, atualmente, é professora na Faculdade de Línguas e Culturas Estrangeiras da Universidade de RomaTre, em Roma, onde leciona Língua e Literatura Portuguesa e Estudos de Tradução para os alunos de licenciatura e mestrado.

lERMAISA Comunidade de Leitores da ESMAVC é apoiada pelo PNL, projeto aLer+, e pelo Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras daUniversidade de Lisboa

Concurso de regularização extraordinária de vínculos precários destinado a assistentes técnicos

Lista de ordenação final homologada
Candidatos admitidos e excluídos

Abertura de procedimento concursal comum, com carácter de urgência, destinado ao preenchimento de 2 postos de trabalho na Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho na modalidade de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado, restrito a candidatos abrangidos pelo programa de regularização extraordinária de vínculos precários (PREVPAP). Consultar aviso de abertura

Nós Propomos 2018/19

Realizou-se no dia 29 de abril, o VIII Seminário Nacional do Projeto “Nos Propomos! Cidadania e Inovação Geográfica – 2018/2019”. Como é habitual a nossa escola fez-se representar pelos alunos de Geografia A do 11.ºano, que trouxeram para a ESMAVC, três prémios: duas Menções Honrosas relativas ao concurso de melhor texto e uma Menção Honrosa referente ao concurso do melhor projeto. PARABÉNS!!

 np2019 1  np2019 2

Pré-inscrições 2019/2020

A pré-inscrição para o ano letivo 2019-2020 destina-se a alunos não matriculados no presente ano letivo na Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho e que pretendem no próximo ano letivo frequentar os 10º, 11º ou 12º anos de um dos cursos lecionados na nossa escola.
Para conhecer os cursos existentes na escola, consultar 
Oferta Educativa

FORMULÁRIOS DE PRÉ-INSCRIÇÃO

Alunos inscritos no exame 550 Inglês

Declaração de Rectificação nº377/2019 relativa  ao Regulamento de Exames

Os alunos que se inscreveram no exame de de Inglês código 550 deverão dirigir-se com brevidade à Secretaria da escola para esclarecer a sua situação.
Os alunos que se inscreveram para aprovação na disciplina de Inglês terão que fazer a prova de equivalência à frequência de Inglês (código 367),
Na situação em que se verifique que o aluno pretende realizar a prova de equivalência à frequência de Inglês (código 367), em vez do exame de Inglês (código 550), deverá fazer uma declaração dessa mesma intenção, a qual terá de ser assinada pelo encarregado de educação ou aluno, quando maior.